O pesto é cada vez mais apreciado pelos diversos países do mundo e cada vez mais concorrido no que toca à sua confeção. Aprenda como fazê-lo em sua casa.

Quem é amante da gastronomia italiana, sabe que o pesto é um dos primeiros acompanhamentos associados à mesma.
O pesto teve origem na cidade de Gênova, na Itália. Este é um molho apreciado pela sua versatilidade, uma vez que pode ser acompanhado em massas, pratos de carne ou peixe, saladas ou torradas, destacando qualquer refeição pelo seu sabor indescritível.
O pesto é um dos temperos que salva o sabor de qualquer refeição e é certo que devemos tê-lo em nossa casa, para utilizar sempre que nos apetece. E, porque quanto mais natural e fresco melhor, segue-se a receita do pesto caseiro para que não tenha de preocupar-se com a falta que faz aí em casa, principalmente quando lhe apetece um sabor diferente na sua refeição.

Ingredientes:
• 75g Manjericão
• 2 Colheres de Sopa de Pinhões (Pode ser substituído por outros frutos secos, se desejar)
• 2 dentes de alho
• Meia colher de chá de Sal
• 200 ml Azeite
• Natas (1 Colher de sopa)
• 2 Colheres de Sopa Parmesão

Preparação:
1) Num liquidificador, ou qualquer utensílio que tenha para moer, juntar 2 a 3 ingredientes de cada vez, exceto o parmesão e os pinhões.
2) Colocar os pinhões num tacho ao lume, de forma a torrarem, sem colocar qualquer tipo de gordura, manteiga ou óleo.
3) Juntar os pinhões torrados no liquidificador e moer uma vez mais.
4) Juntar o parmesão e envolver tudo muito bem, com movimentos circulares até sentirem que todos os ingredientes estão bem envolvidos.

Fase final: colocar o pesto num copo ou recipiente à escolha e fechar bem. Pode ser mantido no frigorifico por algumas semanas.

Buon Apettito!

La Mia Italia